sexta-feira, maio 16, 2008

Eu sou a pessoa mais bonita do mundo!



A revista Marie Claire lançou uma enquete no começo do ano e agora publicou em sua edição de Maio as respostas de diversas pessoas á pergunta “ Você é a pessoa mais bonita do mundo?” e as pessoas respondiam em poucas palavras que sim e o que as faziam se sentir assim.. A intenção da revista era exatamente descobrir esse “algo” a mais, essa força que chamamos de auto-estima, a qual nos faz sentir bem conosco mesmos, assim, como somos, mesmo sem nos encaixarmos nos padrões de beleza impostos pela mídia e sociedade.

O fato é que cada um de nós possui sua beleza singular, aquela que nos diferencia das demais pessoas não como melhores ou piores, mas como somos, em nossa essência, nosso interior o qual se reflete sem dúvida no exterior, nas nossas ações e até decisões.
Uma auto-estima bem firmada abre portas no mercado de trabalho, nos concede oportunidade de conhecer pessoas legais e mantê-las como amigos, nos faz conhecer uma pessoa especial que chamamos de amor de nossas vidas, nos mantêm bem com nossos familiares e pessoas próximas e principalmente nos mantêm em paz conosco mesmos, em paz com a consciência, com o espelho. Uma auto estima alta e bem firmada embeleza o rosto, nos deixa leves e tal atitude reflete no que as pessoas vêem e pensam de nós e não um corpo esbelto, cabelos lisos mas sem atitude nenhuma.
Amar a si mesmo inclui aceitação, admiração e sorrisos, afinal um bom sorriso pra nós mesmos ilumina o dia, a vida!

Eu também me acho a pessoa mais bonita do mundo, com qualidades e peculiaridades próprias das escolhas que fiz, da personalidade que formei ao longo da história da minha vida, a qual crio todos os dias surgindo assim a necessidade de me amar todos os dias. Me sinto feliz como sou, gosto do meu jeito de amar as pessoas incondicionalmente, de ter a sensibilidade da empatia e simpatia. Amo ter essa “afinidade” para dar conselhos, conversar, olhar nos olhos, entender, ser compreensiva com todos. Adoro quando as pessoas me elogiam pra minha mãe, dizendo que sou bonita e ela responde “ela é bonita, mas é mais bonita ainda por dentro”; Sim, gosto e cultivo minha beleza exterior já que é meu cartão de visitas, adoro meus olhos, meu sorriso, meus cabelos, meu corpo...mas cultivo principalmente minha beleza interior, me sinto gigante por dentro!

Parece estranho nos gabarmos pelas nossas qualidades, parece pecado sermos convencidos, soa como ilusão da nossa parte, afinal nem todo mundo vai concordar com o que você acha, mas parece tão normal aceitarmos uma crítica ofensiva, aceitamos com naturalidade quando alguém nos trata mal, nos ofende, nos maltrata... E no fundo é bem isso, “permitimos” que isso aconteça e quando alguém nos critica, essa crítica abala pelo menos outros 5 elogios, pois nos chama mais atenção, nos assusta, impressiona. Mas porque agimos assim? Precisamos fazer o exercício de levar mais em consideração aquilo que é belo em nós, aceitarmos críticas com humildade, mas também lembramos que não é de todo ruim, temos qualidades que compensam.

Que possamos nos amar, nos sentir bonitas, valorizar e colocar em destaque nossas qualidades que nos tornar impar na vida, afinal cada um de nós é único no Universo, com DNA próprio, personalidade única e singular,somos cada um a sua maneira A PESSOA MAIS BONITA DO MUNDO!

Quem quizer ler a reportagem da Marie Claire na íntegra, basta acessar através do link: http://revistamarieclaire.globo.com/EditoraGlobo/componentes/article/edg_article_print/1,3916,1678374-1740-1,00.html

Um comentário:

Anônimo disse...

oscilloscope codebook niceness straight underinsured help peking capitalising twitter corruption techniques
semelokertes marchimundui