segunda-feira, dezembro 17, 2007

Evolução Social

O que dizer sobre a evolução... posso começar mencionando Darwin, mas não é desta evolução que estou falando.. mas na evolução como pessoa. Quantos de nós evoluímos e crescemos com o passar dos dias? O que eu evolui de ontem pra hoje? e o que posso ter contribuído para um mundo melhor? ao menos para que o "meu mundo" seja melhor?
É impossível fugir do tema que tanto tenho abordado, afinal disso é feito "minha matéria", minha essência: o crescimento, a evolução, o constante melhoramento e aperfeiçoamento do ser..a preocupação em não ser só + uma na multidão e sim fazer a diferença boa...o sorriso, a mão que aperta, o abraço que acolhe, o olhar de atenção...E diante dessa utopia toda, me situo vivendo em um mundo capitalista, materialista, consumista e de todos os "istas" : egoísta! Já que "fazer o bem sem olhar a quem" não é bem assim, olhamos a quem, com quem, de quem, pra quê, porque e o principal: pra ganhar o quê? Sim, pois defender idéias e ideais só se faz válido se fizer sentido, se tiver significado, motivo, afinal estamos condicionados a ver resultados, lucros, gráficos... mas agir diferente disso é remar contra a maré, andar na contra mão do mundo e quem faz isso ou é louco ou tá precisando de uns "ajustes sociais"...e querer ser + "próximo" das pessoas hoje em dia no mínimo é sinal de ingenuidade...
Confesso também que não é tão fácil e cheio de flores assim... Nem sempre as pessoas querem ser ajudadas, nem sempre estão disponíveis, nem sempre querem sair da "zona de conforto assistencial", ficam dependentes de ajuda e atenção.. e assim vai...Confesso também que com meus "anos de experiência no ramo", trata-se de um caminho de rosas e espinhos, fica-se com o cheio das rosas nas mãos, mas também fura-se bastante com os espinhos...
Mas me pergunto e te pergunto: Vale a pena querer fazer a diferença? Eu afirmo que sim..afinal nem tudo, ou melhor, nada no mundo tem só seu lado bom..tudo tem seu lado ruim..tem seus dois lados e tratando-se de dois lados, temos o nosso também.. aquele bem obscuro, sombrio e também aquele exposto.. e quem vai negar?
Vivemos dizendo e afirmando pra nós mesmo que "vivemos em um mundo em que.. blá-blá-blá".. e aí começamos a culpar nossa falta de sensibilidade á falta de tempo, á correria do cotidiano, aos noticiários da TV e aos filmes violentos que nos vendem e insistimos em comprar e com isso compramos todos os dias a idéia de que somos fruto da sociedade atual, mas ao mesmo tempo negando veementemente quando acusados de sermos simples fantoches da situação.. Mas o que somos e onde estamos então? Qual é a bandeira que você levanta? ou não há bandeira nenhuma a ser hasteada? De que lado você está? ou não há lados? ou na pior das hipóteses andar sobre o muro é mais confortável e seguro?
Sou do tipo de pessoa que tenho opinião formada mas cabeça aberta, contudo odeio discutir, seja política, religião ou futebol (salve o tricolor paulista, rs), mas o fato de não gostar de discutir não significa que não tenha uma posição, uma opinião, só não gosto de tentar impor uma idéia pessoal querendo que ao discutir minha idéia a mesma seja aceita e por tanto válida, mas acredito que por ser válida pra mim, não há necessidade de validação alheia, no máximo necessito de respeito, assim como respeito a opinião de todos, mas não necessariamente as aceito...
Mas a evolução é e deve ser constante em minha vida..uma constante, um ato que se renova e por tanto é vivo.. o dia que estagnar é sinal que perdeu a vida, afinal água parada cria lodo e procria dengue (yéca, rs), Sendo assim, apesar de não gostar de discutir no sentido de tentar impor idéias, gosto de discutir no teor de adquirir idéias, aprender de verdade, ouvir com humildade seja um senhor idoso ou um adolescente que ninguém dá crédito...todos temos nossa "sabedoria", nosso teor, nossa essência.. basta fazê-la concisa, coerente e verdadeira, nem que seja sua verdade universal pessoal...
Mas nesse ínterim todo há algo bem delicado que é uma linha bem tênue de limite entre o certo e o errado, afinal a verdade é relativa? a justiça é relativa? Desculpe, mas não é..e acredito que uma das razões de tanta coisa errada no mundo é por alguns acreditarem que roubar um pouquinho de dinheiro de quem tem muito não é errado...roubar um pouquinho do governo não tem problema.. sonegar impostos do sistema governamental brasileiro falido é até louvável e dizer uma mentirinha aqui e outra ali é normal...Será que costumes assim e consentimentos com esses costumes não nos faz integrantes do mesmo "bando" que com boca cheia nos orgulhamos em criticar? Quantas vezes olhamos de verdade pra nós mesmos com olhos críticos e nos pegamos fazendo exatamente aquilo que julgamos ser errado?
Ok.. ok.. somos humanos e estamos no mesmo barco.. e é aqui que gostaria de chegar: Evolução! Conseguimos, ou melhor, queremos de fato evoluir como pessoas? Queremos de fato abrir os olhos e quem sabe com um pouquinho de esforço aqui e outro ali não conseguimos crescer nem que seja só um pouquinho na escala evolutiva das espécies sociais?
Não sou nem quero ser melhor do que ninguém, mas quero ser melhor que eu mesma amanhã...
Acho que o desencadear de uma evolução humana social inicia-se quando se começa a questionar, questionar os sistemas dos quais somos submetidos, o governo, as idéias e o próprio conceito de mundo e contexto em que estamos inseridos.. Mas não questionar por questionar ou simplesmente criticar... mas o questionamento produtivo, frutífero, que trará resultados, ação, movimento e não estagnação.. Quando começamos a questionar nasce dentro de nós um sentimento de liberdade, já que o livre arbítrio do pensamento é uma das conquistas mais importantes do ser humano e devemos constantemente fazer uso dela de forma útil, inteligente e criativa.
Que sejamos seres evolutivos, inteligentes, racionais e emotivos também, fazendo de nossas vidas, vidas úteis, sensíveis e principalmente vivas! Pois viver de forma ativa socialmente é nossa maior conquista e evolução pessoal!

terça-feira, setembro 11, 2007

Aprendendo a Viver


Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá. Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra. Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos. Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu. Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde. Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu. As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces. O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o! Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave! Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa. Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta; Conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela. Abra todas as janelas que encontrar e as portas também. Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho. Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho. Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas. Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for. Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso. Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam. Olhe para o lado, alguém precisa de você. Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca. Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os. Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também. Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura. Arrependa-se, volte atrás, peça perdão! Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se achá-lo, segure-o! "Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada". FERNANDO PESSOA

sexta-feira, agosto 17, 2007

Limiar

Tenho escrito aqui sobre superação, auto conhecimento, conquistas e vitórias pessoais...quebra de barreiras, preconceitos, medos e sentimentos reclusos. Muita coisa dita, muita coisa a se dizer e a maioria subtendida nas entrelinhas subliminares.. Mas o foco é sempre o mesmo: Crescimento! Crescimento pessoal, interior, de dentro pra fora, de fora pra dentro... pois viver implica crescer.. seja pouco, seja muito, seja significante ou não, mas crescer, modificar, atuar, viver!
Mas quando olhamos pra dentro, de forma analítica, percebemos que nesse crescimento, nessa agregação de valores e conhecimento há muito lixo, muita coisa inútil mas que insistimos em acumular, cultivar e estruturar no nosso jeito de agir, nossa personalidade e depois disso usamos a clássica desculpa "eu sou assim mesmo!". Não, ninguém "é assim mesmo" a menos que escolha ser assim, a menos que aceite e no fundo goste de ser assim, e se assim o for: ótimo! Com tanto que se assuma, sem escusas.
Somos a soma dos valores que agregamos á nossa personalidade, á nossa cultura pessoal com o passar do tempo e por vezes nos esquecemos que somos assim de acordo com as escolhas que fazemos, com as oportunidades que tivemos e não o contrário. "Ser assim" ou "Estar assim" é opcional, seja pra coisas boas ou coisas ruins.
Nesse ínterim de constante formação como ser humano percebemos que cada um de nós possui um limiar, um ponto específico em que define nosso limite, nossa barreira, nossa fronteira interior onde as coisas acontecem, se modificam, se iniciam. É uma área sensorial que varia de pessoa pra pessoa, como por exemplo, se pegarmos um compasso e juntarmos as duas pontas e apertar no braço, a sensação é que existe um ponto só nos apertando, mas à medida que vamos afastando os extremos do compasso, chega um determinado ponto em que sentimos que deixou de ser um ponto só e passou a ser dois: esse é o diâmetro do nosso limiar, nossa delimitação de percepção, ou em outro momento e exemplo, quando algo nos toca.. E aos poucos vai apertando..."não doeu, não doeu, doeu!" esse momento em que "doeu" é o limiar da distancia entre algo que a pouco era indiferente mas de repente passou a ser significativo ao nosso sentido, neste caso a dor. Em nosso interior sentimental é a mesma coisa, temos um limiar de percepção em que algo antes indiferente passa a ser significativo na medida em que lhe atribuímos valores que são singulares e particulares de acordo com nossa vivência, nossa história e nossa percepção de mundo, ou seja, existem pessoas sensíveis á gritos, ignorância e outras nem tanto... existem pessoas que um simples olhar atravessado pode significar uma ofensas e pra outros não quer dizer nada.. já outras pessoas precisam de carinho e atenção constantes, já para outras essa constância é desnecessária...Ou seja, cada um tem seu limiar, um espaço entre dois pontos que delimitam o que nos fere, nos ofende, nos intriga, nos emociona, nos alegra, nos enciúma.. Ou não.
Contudo o limiar é relativo e é neste ponto que quero chegar... Assim como nossa pele é sensível á dor ou ao calor, em um dia e em outros é diferente, o nosso limiar cognitivo é relativo, ou seja, o que ontem não me afetava, de acordo com minha absolvição de valores, amanhã pode me afetar profundamente, pois passei a admitir que determinada ação me atinge e apartir disso, toda ação desse tipo me atingirá. Em outras palavras, eu posso acreditar que o ser humano tem potencial de ser melhor a cada dia, que ele pode evoluir como indivíduo social, pode ser caridoso, bondoso etc., Contudo se por uma decepção eu passar a generalizar e afirmar que o ser humano em potencial é ruim, eu ultrapassarei o meu limiar e passarei a não confiar em mais ninguém, passarei a desconfiar de todos e viverei em constante atitude de autodefesa pra não me machucar outra vez. Ou seja, uma pele ferida terá mais sensibilidade do que uma área em que nunca houve uma cicatriz, contudo não é por isso que eu isolarei essa área, protegendo-a e ao mesmo tempo impedindo-a de respirar.. E assim acontece com nossa mente, nosso consciente, nossa vida emocional, há limiares determinantes que dependendo do que decidimos podemos travar algo, deixar de viver alguma situação e sofrer por uma opção interna ás vezes inconsciente que pode ser prejudicial se não percebermos que o é.
Que possamos olhar pra dentro de nós e determinarmos que nosso limiar seja sensível á coisas boas, positivas e que sejamos inteligentes e maduros o suficiente pra fazer este diagnóstico do que nos faz bem ou nos faz mal de forma inteligente emocionalmente, pois lixos acumulados como ciúmes, desconfianças e pessimismo podem vir camuflados de auto-proteção, mas na realidade são como freios-de-mão puxados impedindo-nos de avançar, crescer, evoluir e viver, já que Viver, como dito no início, implica muita coisa, mas principalmente nos proporciona novas experiências, as quais devem ser de aprendizado e crescimento e não de regressão e estagnação.
Que possamos viver de forma plena, sem medos, travas, traumas ou defesas pois saber escolher o que nos transforma a cada dia é nosso compromisso consigo mesmo, compromisso de sermos felizes, amados e satisfeitos com a vida e a vida é feita de escolhas e decisões as quais determinam desde o humor que teremos durante o dia até o nosso futuro... E a palavra "limiar" no dicionário, figurativamente significa "começo"...começo de um limite, começo de um ponto diferente do ponto anterior e que assim, em nossa vida pessoal, possamos ter vários começos de coisas boas, decisões altruístas e o começo da decisão em se desfazer daquele lixo que só nos faz mal, nos impede de viver e assim nos priva de termos a cada dia novos começos, novas experiências de felicidade, novos limiares!



segunda-feira, julho 23, 2007

Dia do amigo...todos os dias!


Difícil querer definir amigo. Amigo é quem te dá um pedacinho do chão,quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta. Amigo é mais que ombro amigo, é mao estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas. É quem tentou e fez, e nao tem o egoísmo de nao querer compartilhar o que aprendeu. É aquele que cede e não espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta,satisfaz. É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você. É a compreensão para o seu cansaço e a insatisfação para a sua reticência.É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia pela compreensão dos acontecimentos, a sede pelo "por vir". É ao mesmo tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre suas águas agitadas. É quem fica enfurecido por enxergar seu erro, querer tanto o seu bem e saber que a perfeiçao é utopia. É o sol que seca suas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais seu sorriso. Amigo é aquele que toca na sua ferida numa mesa de chopp, acompanha suas vitórias, faz piada amenizando problemas. É quem tem medo, dor,náusea, cólica, gozo, igualzinho a você. É quem sabe que viver é ter história pra contar. É quem sorri pra você sem motivo aparente, é quem sofre com seu sofrimento, é o padrinho filosófico dos seus filhos. É o achar daquilo que você nem sabia que buscava. Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas. É aquele que te ouve ao telefone mesmo quando a ligaçao é caótica, com o mesmo prazer e atenção que teria se tivesse olhando em seus olhos. Amigo é multimídia.

Olhos... amigo é quem fala e ouve com o olhar, o seu e o dele em sintonia telepática. É aquele que percebe em seus olhos seus desejos,seus disfarces, alegria, medo. É aquele que aguarda pacientemente e se entusiasma quando vê surgir aquele tão esperado brilho no seu olhar, e é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão amplificando tristeza interior. É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na sua íris. Amigo é aquele que te diz "eu te amo" sem qualquer medo de má interpretação: amigo é quem te ama "e ponto". É verdade e razão,sonho e sentimento. Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista.

Meus amigos.. AMO CADA UM DE VOCÊS!

quarta-feira, julho 18, 2007

Entender?



'O futuro mais brilhante é baseado num passado intensamente vivido.Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar, duram uma eternidade'.(Clarice Lispector).
A emoção que deixamos aos seres tornam nossa passagem eterna. 'Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.' Da mesma Clarice. Ás vezes gostaria de não entender,gostaria de ver um fato e deixa-lo passar sem a dor de saber o que o desencadeou... Sem precisar analisar tudo, entender tudo.. Ficar assim, com a simplicidade do não saber, não entender, não sentir e não perceber...
Sim 'não entender' não como parvo mas o não entender inteligente, o questionar sem entender , que explique o não entendimento.. A paz do não entender... isso é bárbaro!

segunda-feira, julho 16, 2007

Next

Pessoas irão esquecer o que você disse...
Pessoas irão esquecer o que você fez...
Mas as pessoas jamais irão esquecer
Como você as fez sentir!

sexta-feira, junho 29, 2007

Equilíbrio


Quando observamos o céu, numa noite sem nuvens e de Lua Nova, a multidão de estrelas que podemos ver no espaço, em todas as direções, é sem dúvida um espetáculo maravilhoso. A impressão que temos é de que todas as estrelas se encontram colocadas em uma imenso semicírculo, que abrange o horizonte por todos os lados. Também durante o dia, temos esta impressão: sobre nós parece existir um semicírculo no qual o Sol realiza seu movimento diário.
Esta impressão é tão forte que levou os povos da antigüidade a acreditarem que a Terra se encontrava no Centro do Universo e que, à sua volta, girando ao seu redor, existia uma imensa esfera, na superfície da qual as estrelas e outros astros se encontravam colocados. A esta esfera, que achavam ser real, chamavam de Esfera dos Fixos ou Esfera Celeste.

Imaginando-se em uma praia, para qualquer lado que você olhar, poderá ver o encontro do mar com o céu. A essa linha que parece ser a junção de ambos se dá o nome de Linha do Horizonte ou simplesmente de Horizonte. Traçando uma linha exatamente perpendicular à linha do horizonte, uma linha tão longa que poderia chegar ao céu, essa linha se dá o nome de Linha da Vertical ou Vertical. Em um ponto bem acima de você, suponha que a linha da vertical que você traçou chegou tão próxima ao céu que parece furá-lo. A esse ponto chamamos de Zênite.

Blá..blá..blá... se eu continuar aqui com todas essas definições ou vocês vão dormir, ou vão achar que eu enlouqueci e resolvi trocar a Psicologia que tanto amo para estudo da Astronomia... Mas calma, não é nada disso...rs

Acho fantástico o Universo e tudo que isso pode nos elucidar sobre nosso significado, posição e importancia diante do universo que nos cerca e nos espanta. Somos tão importantes e ao mesmo tempo tão pequenos diante disso tudo... logo, a primeira reação é parar.. sim, parar pra pensar, refletir, se espantar, embasbacar-se e calar... porque diante da grandeza do universo faltam palavras... o som não se propaga no vácuo, mas o pensamento sim...

Na nossa vida e nosso universo pessoal não é diferente... ás vezes páro pra pensar em tudo que nos cerca, universo de emoções, frustrações, razões e sentimentos, sonhos e pensamentos.. é tanta coisa que fico a procura dos pontos cardeais, meu norte-sul, minha linha do equador.. onde está meu equilibrio? Como me localizar e me centrar no que acredito sem entrar em contradição com tudo que sou, acredito e conheço sobre meu universo e minhas descobertas espaciais pessoais? A cada conclusão e descoberta pessoal ao logo da vida é como pisar na Lua pela primeira vez.. uma viagem espacial complicadíssima, uma odisséia sem fim, na qual me descubro a cada dia e a cada descoberta percebo que falta ainda um universo inteiro, galáxias e outros mundos desconhecidos e por ser assim são tão interessantes....

Percebo em fim que o equilibrio é fundamental, asim como o é no Universo e Sistema Solar.. o sincronismo é esplêndido e assim posso me basear para fazer da minha vida um constante girar, com equilibrio e VIDA!

Aí, ao observar o universo, o planeta azul e essa imensidão do céu a palavra que vem à mente é: equilibrio! Como pode um planeta dessa magnitude flutuar no céu feito uma bola de sabão? Onde está seu ponto de equilibrio? e a resposta é: Um eixo central! sim, um ponto de equilibrio que está dentro dele mesmo! claro.. existem várias leis da física pra definir essa complexidade toda, mas o cerne da questão aqui é simples e a contastação clara: tanto no planeta quanto dentro de cada um de nós o segredo está no e-qui-li-bri-o! ôh palavrinha fácil de soletrar mas difícil de viver! rsrsrs....

Quantas vezes nos vemos totalmente fora do eixo, fora de si, fora de sincronia com o universo e conosco mesmos, desequilibrados? Sim, muitas e muitas vezes nos surpreendemos a nós mesmos praticando coisas e pensando algo que foge da lei da nossa física interna.. desafiamos a lei da gravidade emocional e decaimos em sentimentos destrutivos que nem deveriam existir em nosso universo pessoal, agredimos a nós mesmos ao fazer aquilo que vai contra nossa natureza e assim sofremos sem perceber que o equilibrio é fundamental! Outras vezes vamos ao outro extremo, atingindo as estrelas, pisando nas nuvens, experimentando sentimentos de euforia extrema, paixões doentís e gargalhadas que exprimem apenas a necessidade gritante de amor, atenção e cuidados que deveríamos ter por nós mesmos e não jogar tal responsabilidade nas costas de outros... Em fim.. equilibrio!!!

Que possamos nos centrar, respirar fundo, ouvir o som dos nossos próprios pensamentos e sentimentos e perceber que o equilibrio reside dentro de cada um de nós, como algo natural, fácil e simples que flui sempre que nos permitimos acalmar as batidas do coração que insistimos em querer acelerar com picos de emoções extremas que só nos tiram fora do eixo, nos desestabilizam e nos desequilibram. Alegria excessiva e insatisfação profunda só nos tira do ritmo natural da vida, da cadência do universo que naturalmente nos levaria á plenitude... que possamos ter a sabedoria para parar numa noite de lua cheia e olhar o universo que nos rodeia e devido a correria do dia-a-dia nem paramos pra adimirar... que possamos apreciar o Pôr do Sol, o Horizonte.. sentir na pele a troca das estações, o friozinho do amanhecer.. ver a imensidão de estrelas e constelações das frias noites de inverno....Pois observar tudo isso só nos comprova que o universo inteiro e tudo que nos rodeia foi criado por Deus por vários motivos mas um deles é nos lembrar que a vida só tem beleza se for respeitado seu ritmo natural, sua função, sua beleza singular e seu lugar perante o contexto do Universo!!! Assim somos nós, cada um com sua história de descobertas pessoais mas todos submetidos a um universo fantástico, lindo mas equilibrado, constante, harmonioso... que nos ensina a ser assim.. equilibrados não só porque tem que ser assim, mas porque o é para sua própria manutenção, no nosso caso, nosso próprio bem estar!

Se eu olhar para o local do nascer do Sol e esticar meus braços lateralmente: á minha frente estará a direção do ponto LESTE. Atrás de mim é o local onde o Sol se põe, ou poente, o qual chamamos de direção do ponto OESTE. Olhando ainda para o local do nascer do Sol - ponto leste, o meu braço esquerdo estará apontando para o NORTE. Agora só falta o SUL que é o ponto oposto ao norte, portanto estou apontando para ele com seu braço direito. Agindo assim já conheço os pontos cardeais e posso defini-los em qualquer localização sobre a superfície da Terra.

Que eu possa abrir os braços e me localizar dentro de mim mesma, fechar os olhos e ouvir o pulsar do meu coração... ouvir meus pensamentos e respeitar meu ritmo interno - esse será meu norte! Respirar com calma, sem pressa - esse será meu leste... relaxar meus músculos, respeitar minha saúde - esse será meu oeste ... sentar, relaxar, dormir, ouvir uma boa música, ler um bom livro, tomar um banho quentinho e sentir o perfume de fragâncias diversas - esse será meu Sul! E finalmente estarei localizada dentro de mim, com auto-conhecimento, com respeito próprio, com calma, sincronia, harmonia, beleza e encanto e principalmente amor próprio e assim estarei localizada cardealmente dentro de mim, finalmente equilibrada!!

Que possamos não só abrir os braços para nos localizarmos diante dos pontos cardeais, sejam eles externos ou internos, mas para abraçar o universo e exprimir: "Sou feliz pois sei onde estou e o que sou!" e esta afirmação por si só é perceguida não só por astronomos diante dos séculos mas por cada ser humano pois poder fazer tal afirmação é a verdadeira conquista do universo!

segunda-feira, junho 11, 2007

Como ama una mujer


Dia 12 de Junho.. Dia dos namorados...ai que delícia! As lojas se enchem de cartazes vermelhos, a mídia debulha em fotos de beijos e casais enamorados e o ar parece cheio de coraçõeszinhos vermelhos em cascatas... que clima aconchegante... em combinação com o inverno tudo fica mais romantico sob cobertores quentinhos, abraços acolhedores e aconchegantes, um bom vinho e tudo fica perfeito!!

Quanto romantismo.. se jogar esta publicação do blog na água ele derrete porque parece feito de açucar, rs! Mas não tem jeito, é da alma feminina esse romantismo... e é dedicado a nós a postagem de hoje... a nós mulheres que amamos e amamos ser amadas! Sorte dos homens que possuem nosso amor verdadeiro!
Amo ser mulher, amo ser assim e principalmente amo amar...isso pra mim é viver! Temos contudo que tomar cuidado se amamos de verdade ou amamos a idéia de amar.. ás vezes por termos essa natureza romantica perdemos a dose entre amar e depender do amor, viciando-nos das substâncias que a paixão libera.. o que de fato vicia!
Como mulheres inteligentes, que possamos mergulhar em nosso interior e nos equilibrar, amando-nos a nós mesmas em primeiro lugar, pois o amor que vier depois deste será complementar e nunca de dependência ou desespero que assola a maioria de nós.... Amar implica entrega mas também respeito às diferenças que nos separam dos homens.. e não, eles não são todos iguais, não são todos cafagestes, imcompreensívos, insensíveis e etc.. São sim, compostos das mesmas substâncias que nós.. são de carne, osso e porque não amor? Eles também amam, mas ao seu modo, na sua velocidade e na sua intencidade e respeita-los faz parte do amor que tão gritantemente anunciamos com prazer!
Que como mulheres completas e sensíveis que nos julgamos ser, que possamos compreendê-los, aceita-los, acolhe-los e respeita-los, quer em suas prioridades, preocupações e qualidades distintas das nossas, pois estar com e realizar um homem por completo implica tão e simplesmente ama-los como são e consequentemente seremos amadas e respeitadas como tais.. com nossas também distintas características encantadoras e enternecedoras! rs

Tenho ouvido nos ultimos dias o novo CD da Jennifer Lopez, não sou fã assidua dela, mas adoro música latina e seu novo album foi feito totalmente em espanhol e pro meu gosto "exigente e eclético" posso afirmar que está de parabéns!
Sendo assim, para este dia especial gostaria de publicar a música tema do CD "Como ama una mujer" música tal que traduz muitas vezes as aflições e emoções da alma feminina... tão misteriosa mas tão previsível.. rsrs

"Como Ama Una Mujer
Jennifer Lopez
Composição: Estéfano

Quizas me he apresurado
A pisar sin ver los pasos,
A dejar que las heridas
No sanaran bien.
Quizas por impetuosa
He dejado tantas cosas
Que eran parte del camino
Parte de crecer.
Quizas porque tan solo he sido una,
Que ha sido enamorada de la Luna,
Tan solo eso ha sido mi pecado,
El de seguir mi corazon a todos lados,
Seguir mi loco corazon a todos lados
Y he amado como ama una mujer
Que ve en su hombre el paraiso,
Si me entregue lo hice
si falle volvi a empezar
Y a levantarme en el camino
Y he amado como ama una mujer
Que el alma no la ha abandonado
Y que lo intenta un dia mas
Y que ha soñado con soñar
Y por amar se ha aquivocado
Y por amar se he aquivocado

Quizas no ha habido espacio
Para ver bastante claro
Que al final de la jornada
Tuve que perder.
Si me ha llevado el viento
He vivido mis momentos
Y al final de mi conciencia Solo tuve fe.
Y solo por seguir esta locura
De la pasion que rapido se esfuma,
Tan solo por creerlo nuevamente
Por no caer y a veces no desvanecerme
Por toda la necesidad de hacerme fuerte."

sábado, junho 02, 2007

Infinito Particular



Até onde nosso íntimo pode ser particular? Ou até onde queremos que ele o seja?
Necessidade estranha, mas compreensível essa a nossa de termos que externalizar aquilo que somos, pensamos, sentimos... Entretanto, mesmo diante dessa exposição necessária, se faz necessária também a internalização, a consciência individual desse infinito particular.
Cada ser humano é um universo em constante ebulição, evolução e reconstrução diária; dado esse fato será sempre constante a necessidade de exteriorização já que as micro mudança internas provocam crescimento e conseqüentemente mudanças de opinião, posição e intenção. Independente da intensidade dessas mudanças a exposição e exteriorização são automaticamente registradas se fazendo assim quase que uma obrigação para consigo mesmo de se deixar claro para o mundo externo e até por auto-afirmação que essa mudança existiu e que um crescimento pessoal é fato!
Por que existem tantas discussões, sem muitas conclusões, sobre assuntos diversos em que cada um defende até o fim sua própria opinião como sendo a única verdadeira? porquê queremos nos auto-afirmar que nossas conclusões sobre fatos e situações da vida são acertadas e tal auto-afirmação se faz necessária para que o crescimento pessoal seja uma constante, sendo tal conclusão correta ou não! Faz-se assim necessária essa atitude positiva e expositiva do eu interior seja numa roda de amigos ou num mergulho interior reflexivo.
Chega de arestas e podas do pensamento livre e espontâneo, basta de recriminação ou vergonha da exposição da opinião própria e que se deixe muito bem claro que o pensamento só é livre a partir do momento que ele é respeitado independente de ser aceito.
Mesmo diante de toda essa ebulição de pensamento, exposição e defesa de idéias, ainda assim existe todo um universo obscuro que dá base a essa racionalização e explosão de sentimento, universo tal que consciente ou inconsciente faz de cada um de nós o que realmente somos; o que somos naqueles momentos em que ninguém vê e em que não precisamos provar pra ninguém o que pensamos ou defendemos. Esse universo paralelo de existência apenas interior é o que nos inspira, nos sustenta e nos fortalece quando a única voz a ser ouvida é a voz interior.
É fantástico esse autoconhecimento, essa internalização, essa auto-satisfação e estima própria que nos impulsiona a nos admirar pelo que somos e não pelo que fazemos ou queremos ser. Essa auto-análise nua e crua é fiel á nossa própria consciência na qual nos vemos refletidos no nosso próprio espelho, para o qual não temos necessidade alguma de mentir, camuflar ou enganar. Podemos nos auto-observar com lupa e não nos envergonhar do que vemos, já que o que somos e temos feito são apenas conseqüências do que se passa, se constrói e se agrega nesse universo particular em que só possuo o que permito entrar.
Podemos assim concluir que expor idéias, opiniões e posições sobre nós mesmos e o mundo ao nosso redor é apenas a ponta de um enorme iceberg existente dentro de cada um de nós, o qual devemos encarar de forma reflexiva, observando assim e nos atentando ao que temos vivido e refletido de forma positiva sobre nós mesmos. Cuidar do nosso inconsciente e do que agregamos para nossa vida é mais do que concordar ou não com uma idéia alheia já pronta ou adotar uma opinião e defende-la até o fim por orgulho, vergonha e medo de voltar atrás. Cuidar do nosso universo individual é um compromisso diário de zelo e constante atenção, é um exercício de auto-análise diária para observar tudo e todos mas só reter o que é bom e útil e defender e expor isso somente se necessário e como conseqüência, jamais como causa.
Que possamos assim defender idéias e ideais, evoluir sempre e crescer a cada dia mas com mente aberta, livre de preconceitos e pré-conceitos, dispostos a mudar de direção com atitude humilde sempre que necessário, já que mudanças são essenciais para o crescimento pessoal e diante disso tudo que possamos fazer do nosso Infinito Particular um lugar maravilhoso para se viver!

terça-feira, abril 03, 2007

Melhores...





Adoro escrever.. Definitivamente adoro escrever tanto quanto falar.. E também tanto quanto calar...rs.. Em fim.. Essa nossa capacidade de comunicação, de expressão, de demonstração do eu interior, de espassão, de evolução, de emoção.. Me comove a capacidade que nós como seres humanos temos de sermos tão pluralistas e ao mesmo tempo tão singulares... Não somos perfeitos e acho que nem deveríamos almejar tal posição mas somos complexos...na maioria das vezes perplexos por nossas limitações e capacidades...
Muitas vezes nem sabemos que somos tão especiais, tão capazes de tantas coisas e que por sermos assim, cegos para nossa pluralidade, acabamos neutros, improdutivos e pequenos.. E notem "acabamos sendo", ou seja, somos aquilo que acreditamos e que na maioria das vezes nos fazem acreditar.. Mas me surpreende e ao mesmo tempo me inspira todas as vezes que ouço ou leio algo mencionando que o ser humano não usa nem 25% de sua capacidade de raciocínio.. E eu completaria também de emoção.. Sim, não usamos nossas emoções e ações de modo que nos beneficie e assim continuamos a nos contentar em apenas "continuar sendo" o q sempre fomos e somos..
Bom, voltando á linha do raciocínio inicial em que mencionei que adoro escrever e falar, calma.. Não vou concluir dizendo que apartir de hoje falarei mais.. Afinal ninguém mais me aguentaria.. Hahaha.. E como afirmam os homens: "mulheres falam demais".. Imaginem se descobrirmos que podemos falar mais ainda? Hahaha.. Não.. Não.. O segredo não está em falar mais, mas em falar coisas certas, ponderadas e melhores.. Sim.. Podemos ser melhores.. " melhores no amor, melhores na dor.. Melhores em tudo" como diriam o Jota Quest...
Quero concluir afirmando essa conciência de melhoria como pessoa e como Seres humanos.. Percebo que posso ser melhor e tenho certeza que o Ser Humano em si pode ser muito melhor.. Desde que se auto-afirme isto.. Desde que se concientize disso.. E não apenas como alguém que pode salvar o mundo com tal decisão e concientização.. Mas que pode arruma o próprio quarto e a própria vida á luz disso...
Temos capacidade de sobra pra conceguirmos no mínimo aquilo que nos propusermos a conseguir..Somos capazes não só de pisar na lua, mas também de alcançar as estrelas pelo simples fato de realizarmos nossos sonhos pessoais, simples fato de nos amarmos como somos e simples fato de sermos seres humanos completos, plurais mas singulares e únicos...
Viver implica muita coisa.. Coisas complexas, coisas caras e raras.. Implica acrescentar pra si e para os outros.. Implica "ser" e "ser" não significa apenas passar pelo mundo mas deixar uma boa impressão por onde se passa.. Assim, de leve, com simplicidade, humildade e plasticidade...ser implica ação e não letargia... E Ser implica qualidade, intensidade e capacidade.. Sim.. Capacidade de vislumbrar tudo isso e querer apenas uma coisa: Ser feliz!!! E essa capacidade, não usamos nem 25%...

terça-feira, março 27, 2007

Liberdade?


Tenho questionado muito nos ultimos dias a respeito da tão almejada liberdade nos relacionamentos.. Sim, liberdade equipara á individualidade dentro de um relacionamento.. Mas é possível ser totalmente livre e individual quando se está com alguém?
Pensando nisso uma grande amiga num momento de total inspiração criou os versos a seguir.. os quais definem muito bem o q temos pensado ultimamente...
"Sentir- se livre, é na maioria das vezes a maior realização do ser humano.
Livre dos grilhões;
Livre dos preconceitos;
Livre das prisões;
Livre dos seus desejos!!

Porque desejar, também é uma forma de prisão, pois sua mente deseja, e enquanto isso ela não flutua, ela não viaja, ela não está livre!!

A busca de liberdade, pasmem!! Faz de nós escravos, escravos de nossas buscas, escravos de nossos anseios, escravos de nossos desejos!

Olha ele aqui de novo....DESEJO!!
Será que a liberdade não rima com desejo? Ou o desejo de sermos livres nos escraviza?

Não sei as respostas, apenas os questionamentos....
E questiono porque sou livre para desejar seja la o que for, ou algo que me escravize, ou algo que me torne livre!!!

Porque minha liberdade faz de mim um escravo de minhas próprias vontades!!!"
Assino embaixo.. rs
Bjos Deise!!!

domingo, janeiro 28, 2007

Inspiração do Apaixonar-se...




Estranha nescessidade, inspiração no suspirar... o céu que se deseja, não se define e que inesperadamente me arrebata, se instala e exala carinho, recato: Fato!

Cheiro de chuva, friozinho no amanhecer, brilho no olhar, melodia, o momento antes de adormecer: Se derreter!

Som agradável a sua voz, visão em camera lenta, sorriso que se estampa, momento que desbanca e se acampa... simples momento: Sentimento!

Inesplicável, intitulável, súbito, pureza do ser, vontade de viver.. capacidade de voar, flutuar, aprofundar... simplesmente: Ser!

Abstração, emoção, ansiedade natural, reclamar você pra mim, arrepio bom... tudo que se sente, momentos inesquecíveis, lembranças cravadas: Presente!

Respirar, suspirar, acordar, cantar... Andar assim, sem pressa... leve, livre, simples: Feliz!

Coincidência, sincronia, cadência, carência: Carinho!

Certeza, gargalhada expontânea, admirável genialidade, profundidade inesperada, Iimã, beleza, admiração, espanto e encantamento, pele, cheiro, encaixe, toque: Você!

Presença que inspira, aparição que me toma e esse milésimo de perfeito instante se eterniza a cada vez; inesperado e inesplicávelmente bom.. muito bom!

Inspiração, dedicação, respeito, admiração, simplicidade, naturalizade e paz... Razão e sensibilidade, levidade do ser: Apaixonar-se!!

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Deus é simples.. seu amor é simples!



Deus tem sido tão bom comigo.. aliás, Ele sempre o é, infinitamente mais do que imagino ou reconheço... Mas resolvi vir aqui só pra deixar claro o quanto o amo.. Amo a Deus mais do que tudo nesta vida e diante de tal amor mútuo, posso afirmar que sua presença é simples, leve e bela.. constante como uma brisa suave e nescessária.. fundamental pra mim!

Recebi um e-mail que retrata isso q estou dizendo.. não sei quem é o autor, mas mesmo assim vou mencionar.. achei lindo...

O que eu desejo é que Deus seja simples para você.Tão simples como respirar, como beijar, como falar.Que Deus não seja um mistério á ser resolvido, mas um amigo que sempre pensa em você.Que Deus não seja apenas o que dá bençãos, mas o abençoador com quem você sempre pode contar.Que sua vida seja simples, simples como as boas coisas da vida:um riso solto, um abraço saudoso,um reencontro, uma amizade,um amor de longa data,um olhar diferente,um filho que acabou de chegar,uma viagem esperada,um sonho atingido,uma esperança que insiste em resistir dentro de você.Que Deus seja simples na sua vida, para que você possa sempre contar com Alguém.Quando todo mundo lhe virar as costas, sumir da sua vida, Deus estará presente, como sempre.Que nesse dia você não sinta constrangimento por não lembrar-se desse contato.Que você não se sinta mesquinho, buscando Deus apenas porque ficou sozinho.Encontre-o no pássaro que insiste em cantar, nas ondas do mar que continuam em seu movimento sem cessar, na árvore quesilenciosamente trabalha por todos nós, nos animais que vivem em equilíbrio, nas flores que nos acompanham na vida e na morte.Deus é assim, simples, como tudo deveria ser, mesmo na grandeza dos cargos e das posições sociais, ainda assim, a vida acaba sempre numa singela campa, mesmo que adornada por mármore ou ouro.Que seu dia seja repleto de Deus, que isso se reflita na qualidade da sua vida, na alegria desse momento único, que a minha mensagem se torna em prece, e que o meu desejo de felicidade se transforma em realidade.Um abraço para a melhor pessoa deste mundo:VOCÊ!Seja feliz!